Domingo, Dezembro 5, 2021
InícioInformação GeralVIII PortoCartoon - World Festival

VIII PortoCartoon – World Festival

VIII PortoCartoon-World Festival:

cibernautas escolhem o melhor cartoon

Já arrancou a votação on-line PRÉMIO DO PÚBLICO no Museu Virtual do Cartoon(http://www.cartoonvirtualmuseum.org/), uma iniciativa inédita em termos mundiais.

Os cibernautas podem votar em 29 concorrentes para escolher o seu melhor cartoon do VIII PortoCartoon-World Festival, independentemente da votação do júri, já atribuída em Maio deste ano.

Os candidatos são os premiados, as menções honrosas e os finalistas, escolhidos pelo júri internacional do concurso que foi presidido pelo cartunista francês. G. Wolinski e que podem ser vistos em pormenor antes da votação.

Os desenhos em disputa foram enviados de países tão diferentes como o Azerbeijão, a Bélgica, o Brasil, a Eslováquia, a Polónia, a Roménia, a Rússia, a Servia e Montenegro, a Suécia, a Turquia, a Ucrânia e o Uzbequistão. Os portugueses Santiago e Augusto CID (colaborador do Semanário SOL) também estão em votação.

Para além do tema principal do PortoCartoon deste ano, “A Desertificação e Degradação da Terra”,os trabalhos, que disputam o prémio do público, abordam os “Cartoons de Maomé”, a Liberdade de Imprensa, e a Paz em geral.

O autor do desenho mais votado será convidado para uma exposição individual em 2007, em Portugal.

Esta inovação mundial no PortoCartoon conta já com a adesão da FECO (Federation of Cartoonists’ Organisations) que colocará no seu site (www.fecoweb.org) um link para que os seus associados participem na votação. A FECO é a mais importante organização internacional de cartunistas representando mais de 2000 artistas de 30 países.

O PortoCartoon-World Festival é um concurso internacional de caricatura, organizado anualmente pelo Museu Nacional da Imprensa, de Portugal, e considerado pela FECO um dos três mais importantes do mundo. O tema deste ano foi escolhido em sintonia com a ONU que declarou 2006 como Ano Internacional da Desertificação.

A votação decorre até 31 de Dezembro.

Mais artigos