InícioInformação GeralExposição "Sentidos de Estado"

Exposição “Sentidos de Estado”

 
 
 
A exposição “Sentidos de Estado” traz, pela primeira vez a Ponta Delgada, uma mostra do espólio do Museu da Presidência da República. A mostra estará patente até 15 de Julho no Centro Municipal de Cultura em Ponta Delgada.
 
Uma cooperação frutífera, num processo que se deseja continuado, foram os votos deixados, na noite do dia 9 de Maio, quer pela Presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, Dra. Berta Cabral, quer pelo Director do Museu da Presidência da República, Diogo Gaspar, na abertura da primeira exposição daquela entidade, em Ponta Delgada, sob o tema “Sentidos de Estado”.

O Director do Museu da Presidência da República foi o primeiro a manifestar esta intenção, ao agradecer o convite e a cooperação do Município de Ponta Delgada, através da ANIMA/Cultura, na montagem desta exposição de grande prestígio que ocupará, até 15 de Julho, todas as salas do Centro Municipal de Cultura. Diogo Gaspar explicou o objectivo do Museu da Presidência em pretender mostrar, em exposições como a que está patente em Ponta Delgada, as memórias do século XX português, através da actividade dos seus chefes de Estado.

Do lado, do Município micaelense, a Presidente da Câmara Municipal manifestou que a exposição que está agora patente ao público deve constituir motivo de orgulho para todos, pelo facto, desta ser a primeira vez que parte do espólio do Museu da Presidência da República é mostrado numa Região Autónoma, num sinal de que a cidade de Ponta Delgada é reconhecida no mapa cultural nacional.

Dividida por três núcleos “Sentidos de Estado” divide-se, no Centro Municipal de Cultura, por três núcleos: o primeiro, situado no primeiro andar, na Sala do Forno, apresenta um conjunto das ordens honoríficas do País, bem como algumas das figuras condecoradas pelo Estado Português; a segunda parte da exposição ocupa boa parte de entrada da Galeria do Centro Municipal mostrando peças utilizadas na decoração do Palácio de Belém e serviço de mesa; por fim, o terceiro núcleo, também instalado na Galeria principal do CMC apresenta 15 fotografias de visitas de Estado efectuadas e alguns dos presentes recebidos durante essas mesmas visitas.

Mais artigos