Sexta-feira, Junho 21, 2024
InícioInformação GeralCiclo de Debates 2024

Ciclo de Debates 2024

50 ANOS DE ABRIL: EDUCAÇÃO/ENSINO E ESCOLA PÚBLICA

Curso de Formação Certificado pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua de Professores (CCPFC) – Nº de registo: CCPFC/ACC-122474/24

Sobre o Ciclo de Debates

Certificação
  • A presença e participação em todos os debates permitirá o acesso à certificação do ciclo de debates como curso de formação acreditado pelo CCPFC (25 horas).
  • Cada debate terá a certificação como Ação de Curta Duração (3 horas).
Inscrições:

  • Para os debates individuais: Ação de Curta Duração – até 6 dias antes de cada debate
  • Para a inscrição em todos os debates: Curso de Formação – até 15 de fevereiro (inclusive)

50 anos de Abril:
Educação/Ensino e Escola Pública

A Educação em Portugal e a Escola Pública têm sido, ao longo destes 50 anos de Democracia, um pilar fundamental para o desenvolvimento do país.

Um dos grandes feitos do 25 de Abril no sistema educativo consistiu na abertura de possibilidades às classes populares, tanto no acesso, como na permanência e no sucesso. Um dos âmbitos da generalização do ensino foi promovido pelo sistema de Educação e Formação de Adultos que deverá ser promotor de equidade social, de igualdade de oportunidades, de elevação da autoestima e de valorização das tradições e culturas ancestrais.

O movimento dos Grupos de Estudo dos Professores Eventuais e Provisórios (GEPEeP) permitiu o nascimento de um movimento sindical livre, forte e organizado, a nível nacional, logo após os 25 de Abril de 1974.

O movimento sindical foi uma componente essencial na luta pela democracia ao longo dos 48 anos de ditadura fascista em Portugal. Os sindicatos constituem uma plataforma de resistência política e de classe com uma forte dimensão emancipatória. Na Revolução, o movimento sindical foi perpassado por todas as disputas políticas que marcaram a construção da Democracia.

A construção de um sistema educativo adequado às realidades arquipelágicas é um desafio antigo e uma meta por alcançar nestes quase 50 anos de autonomia constitucional.

O ensino da língua portuguesa a portugueses residentes no estrangeiro remonta ao início do sec. XX. Apesar disso, só após os 25 de Abril foi instituída a obrigação do Estado Português “assegurar aos filhos dos emigrantes o ensino da língua portuguesa”, introduzida na Constituição da República Portuguesa, em 1982.

Objetivos:
  • Refletir sobre Abril: Educação/Ensino e direito à Educação após o 25 de Abril de 1974.
  • Valorizar a importância da Educação na mudança de expetativas dos jovens.
  • Enaltecer a educação de adultos num contexto de aprendizagem ao longo da vida.
  • Conhecer a importância dos Grupos de Estudo na construção dos Sindicatos de Professores.
  • Refletir sobre os direitos sindicais e de cidadania.
  • Valorizar a criação dos sistemas educativos regionais.
  • Valorizar o ensino e a aprendizagem da língua portuguesa para os cidadãos portugueses no estrangeiro.

Os Debates:

21 de fevereiro – “O direito à Educação, um direito ainda em construção, 50 anos após a Revolução dos Cravos” (inscrição até 15 de fevereiro)
6 de março – “Como o ensino público mudou as expetativas de vida dos jovens” (inscrição até 29 fevereiro)
20 de março – “A importância da Educação de Adultos num contexto de aprendizagem ao longo da vida” (inscrição até 14 de março)
10 de abril – “Dos grupos de estudo ao Sindicato de Professores e à construção da Escola Pública” (inscrição até 4 de abril)
8 de maio – “Abril e os Caminhos das Autonomias: A criação dos Sistemas Educativos Regionais” (inscrição até 2 de maio)
22 de maio – “O 25 de Abril e a consagração dos direitos à educação para os cidadãos portugueses no estrangeiro e a realidade 50 anos depois” (inscrição até 16 de maio)
29 de maio – “Direitos sindicais e de cidadania à luz da Constituição da República Portuguesa” (inscrição até 23 de maio)

VER DEBATES EM:

https://www.fenprof.pt/ciclo-de-debates-2024


Observações Importantes

Regras para a obtenção de certificado das ações de formação
  • A inscrição e participação individual em cada debate dará acesso a certificado de Ação de Curta Duração (ACD – 3 horas cada debate);
  • A inscrição e participação em todos os debates dará acesso a certificado de Curso de Formação da Ação de 25 horas certificado pelo CCFCP.
Regra geral (Ações de Curta Duração – ACD)
  1. Assinar as folhas de presença
  2. Participar em pelo menos 2/3 da Ação de Formação
  3. Preencher a ficha de avaliação da ação
Regra especifica para o Curso de Formação da Ação de 25 horas
  1. Aplicam-se as regras gerais
  2. Realizar trabalho/relatório de avaliação
  3. O trabalho/relatório deverá conter no máximo de 2 páginas;
  4. Deverá incluir todos os temas da ação;
  5. A entrega do trabalho/relatório deve ser feita obrigatoriamente até às 23h 59m do dia 14 de junho de 2024, hora de Lisboa, fazendo o upload no site do CFJSS;
  6. Após a realização do último debate (29 de maio), receberá no seu email o endereço/link da página onde será feita a entrega do trabalho/relatório;
  7. Os certificados serão enviados a todos os que cumpriram com as regras acima descritas até dia 26 de julho de 2024.

Note bem: para ter acesso a um certificado de ação de 25 horas, terá obrigatoriamente de se inscrever, atempadamente, em todos os debates. 

Inscrição

📄 Formulário de Inscrição

CARTAZ

DESDOBRÁVEL

Mais artigos